Mini? Não. Nano!

Há já muito tempo que não me deixava encantar por uma carteirinha da Louis Vuitton. E, neste caso, “inha” é mesmo a terminação certa já que, este Verão, a casa apostou em miniaturas, versões nano das suas carteiras mais icónicas: a Speedy, a Alma, a Lockit, a Noé, a Pallas, a Turenne e a W. Ok, não são novidade, são só mais pequenas que o habitual. E lá dentro deve dar para transportar o iPhone – se não for o 6 Plus -, um baton e pouco mais. Mas acontece que depois de anos a carregar a casa às costas com essa moda das carteiras oversized, cansei-me. Literalmente. Daí que, de repente, estas micro-edições onde só cabem os essenciais da vida de uma mulher, me pareçam particularmente atraentes. A Alma (feita na pele Épi encarnado-papoila) e a Speedy (na tela Monograma) são as minhas favoritas – porque também o são no modelo clássico.

LV NANO Alma

A aposta Nano da Louis Vuitton não ficará por aqui. Em Setembro, com a chegada da estação fria, juntam-se duas novas cores à edição Alma. Também em Setembro chega uma nova declinação do modelo Pallas. E no ano que vem, já a pensar na Primavera, chega o oitavo modelo da colecção Nano: Dora, na tela Monograma e em pele preta.  É o fim dos meus problemas de coluna.

LV NANO Alma
Esta “Alma” Louis Vuitton Nano em pele Épi encarnado-papoila já está na minha wishlist.

Artigos Relacionados

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *