5, o poder de um número

Os grandes clássicos fazem-se de grandes histórias. “Nº5”, o mais mítico perfume da casa Chanel, é um desses clássicos – nascido de um enredo de sangue, suor e lágrimas onde não faltam guerras, traições, paixões e uma boa dose de sorte. Quase a celebrar um século de sucesso, o perfume mais vendido de todos os […]

Ler Mais

Giveaway #7 – Vencedoras

O prometido é devido: aqui estou eu para anunciar as duas vencedoras do passatempo Clarins/Kiss-and-Tell. Sim, não é grande surpresa, são duas meninas. Duas sortudas que vão ter direito a um pack com três produtos da gama de corpo da Clarins: o “Gommage Exfoliant Peau Neuve”, o novo “Body Fit” e o “Huile Anti-Eau”. Com a […]

Ler Mais

Sou só eu a nostálgica dos sabonetes?

Sempre adorei sabonetes. Todos. Aqueles que as avós ofereciam para pôr nas gavetas. Aquele verde, Feno de Portugal, que se vendia nas mercearias – havia uma mesmo por baixo de minha casa, quando eu era adolescente, e o Feno andou de mão em mão lá por casa desde que me lembro. Depois havia aqueles Lux, […]

Ler Mais

Amanhã vamos pecar

    Não é todos os dias que nos convidam a pôr em prática todos os pecados mortais de uma só vez. Uma pontinha diária de preguiça só nos fica bem. A vaidade, se não toldar a capacidade de raciocínio, também dá personalidade. Há situações em que a inveja é inevitável. E a luxúria também. […]

Ler Mais

Toca a acordar!

Pois é, estivemos em hibernação. Foram seis longos meses de paragem total. Às vezes é preciso. Foi um ano cheio de desafios e mudanças e o blog acabou por ficar para trás. Assim em resumo: a pessoa tinha um emprego, o emprego entrou em colapso, a pessoa entrou em colapso por acréscimo, a saúde ressentiu-se, […]

Ler Mais

Chanel em Coachella mood

Passámos o fim-de-semana todo a ser bombardeados com as últimas do festival Coachella. Os looks arrasadores da Kendall, o biquíni da Alessandra, as headpieces da Chiara, o namorado milionário da Sara. Foi toda uma overdose visual de vestidos boho, crop tops see-through, biquínis gipsy, sandálias gladiator, tiaras de flores, corpos de sonho, gente saudável de tão […]

Ler Mais

A colar os cacos

Não espera razões, tudo é despeito / tudo soberba e força; faz, desfaz / sem respeito nenhum; e quando em paz / cuidais que sois, então tudo é desfeito. in “Que Farei Quando Tudo Arde?”, Sá de Miranda As palavras de Sá de Miranda teimam em fazer sentido num dia que devia ser de festa […]

Ler Mais